A Gâmbia sofreu hoje uma tentativa de golpe de Estado que acabou por falhar, levada a cabo por um grupo de militares que se aproveitaram da ausência do Presidente para atacar vários edifícios governamentais.

D e acordo com os relatos dos meios de comunicação locais, citados pela agência espanhola Efe, os militares atacaram, durante a madrugada, o Palácio Presidencial de Bajul, a capital, e um quartel militar na ponte de Denton, que liga a cidade com o resto do país, além de outras edifícios na cidade, afirma o jornal local Freedom Newspaper.

A rádio Fatu, por seu lado, confirma que os combates continuam e que o Exército da Gâmbia se espalhou pelas ruas da cidade para tentar controlar o grupo e retomar o controlo, apesar de por agora a situação ser bastante confusa e haver informações contraditórias sobre o resultado do golpe de Estado.

A Gâmbia tornou-se independente do Reino Unido em 1965. Em 1970, Dawda Jawara converteu-se no primeiro presidente do novo estado e foi reeleito em 1972 e 1977. Depois da independência, a Gâmbia melhorou seu desenvolvimento económico graças ao seu principal produto de exportação, o amendoim, e ao desenvolvimento do turismo internacional.

O presidente Jawara foi derrotado em 1994 por Yahya Jammeh (foto), que “converteu” o país numa ditadura. Jammeh foi reeleito em 2001 e derrogou a lei que proibia a existência de partidos opositores.

Partilhe este Artigo