O presidente do Zimbabué, Robert Mugabe, no poder desde 1980, foi reconduzido hoje como líder da Zanu-PF e nomeou a mulher, Grace, presidente da poderosa liga feminina do partido, num congresso considerado decisivo para a sua sucessão.

M ugabe, agora com 90 anos, disse aos delegados do partido reunidos pelo segundo dia em congresso: “É com prazer que realizo e oficializo a vossa vontade declarando-a (Grace) secretária para os Assuntos Femininos da Zanu-PF”.

Grace Mugabe, de 49 anos, entra desta forma para a comissão política do partido, do qual era até agora um simples membro sem quaisquer atribuições.

Milhares de apoiantes aclamaram o presidente, cantando e dançando, depois da decisão dos representantes provinciais de o reconduzirem no cargo.

Mugabe, candidato único, foi também designado candidato do partido às eleições presidenciais de 2018.

“Quero transmitir-lhes a minha profunda gratidão, mais uma vez, por me terem escolhido para vos dirigir”, disse Mugabe.

A mulher, cuja actividade política é recente, surpreendeu os observadores ao apresentar-se, em Agosto, como candidata à direcção da liga feminina do partido.

Grace criticou na campanha a vice-presidente zimbabueana, Joice Mujuru, que acusa de corrupção e de conspirar para ocupar o cargo de Robert Mugabe.

Partilhe este Artigo