A Federação Angola de Futebol já entrou em contacto com a Confederação Africana de Futebol (CAF) para defender que não há condições de segurança para ir jogar ao Burkina Faso, a 19 de Novembro, por força da instabilidade política e militar que se vive no país.

Nestas condições, “ou joga-se em Luanda ou em terreno neutro. Acredito que a Confederação, até à próxima semana, se pronuncie sobre isto”, disse João Lusivikueno, vice-presidente da federação angolana.

O jogo com o Burkina Faso está marcado para 19 de Novembro e enquadra-se na fase de apuramento para a Taça de África das Nações. Quatro dias antes os “Palancas Negras” recebem o Gabão.

Partilhe este Artigo