Um empresário moçambicano foi raptado quando saía do supermercado que possui em Maputo, informou hoje o canal televisivo privado STV.

S egundo relatos de testemunhas, três raptores transportados em duas viaturas e armados com duas espingardas AK-47, bloquearam as saídas da rua Eusébio da Silva Ferreira, no bairro de Mafalala, e arrastaram o empresário para uma das viaturas, colocando-se depois em fuga.

Só nos últimos três meses, foram registados quatro raptos na capital moçambicana, incluindo o de Momade Bachir Sulemane, um dos mais proeminentes empresários do país.

Sulemane foi raptado no dia 12 de Novembro em pleno dia junto do Maputo Shopping Centre, de que é proprietário, e mantém-se em cativeiro desde então.

O empresário foi classificado pelo Governo norte-americano como um “barão da droga”, em 2010, mas a justiça moçambicana não encontrou fundamentos para sustentar a acusação.

Partilhe este Artigo