O Produto Interno Bruto (PIB) angolano deverá crescer em 2015 para 133,7 mil milhões de dólares, segundo prevê o Orçamento Geral do Estado (OGE), mas a recente contagem da população fará cair o valor da riqueza “per capita”.

Em causa estão cálculos com base nos dados que constam OGE) para o próximo ano, hoje aprovado na generalidade na Assembleia Nacional, prevendo um défice orçamental de 7,6% do PIB no próximo ano e um crescimento de 9,7% da economia nacional.

No relatório de fundamentação do documento, o Executivo prevê que o PIB nacional – toda a riqueza produzida no país – atinja este ano os 12.713 biliões de kwanzas (120,7 mil milhões de dólares).

Tendo em conta que o OE deste ano foi preparado com uma estimativa de população pouco abaixo dos 20 milhões de habitantes, esta previsão fixa o PIB por habitante em cerca de 6.100 dólares (4.975 euros) em 2014.

O PIB “per capita” é por regra utilizado internacionalmente para aferir a qualidade de vida de um Estado, apesar das discrepâncias em países de maior dimensão populacional.

No OGE de 2015, o Governo angolano prevê que o PIB nacional ascenda a 13.480 biliões de kwanzas (133,7 mil milhões de dólares), impulsionado pela economia não-petrolífera (crescimento homólogo de 9,2%).

Contudo, a cumprir-se esta estimativa, o valor do PIB nacional já terá de ser dividido por 24,3 milhões de habitantes, conforme resultados do primeiro recenseamento da população, realizado em Maio deste ano, conhecidos a 15 de Outubro.

O PIB por habitante de 2015 poderá assim descer para 5.500 dólares (4.413 euros), um recuo apesar do crescimento, em termos absolutos, estimado pelo Executivo.

Partilhe este Artigo