A selecção angolana de basquetebol feminino defronta hoje, em Istambul, a sua congénere da Sérvia, em jogo de estreia do Grupo D da 17ª edição do Campeonato do Mundo da modalidade, a disputar no pavilhão Abdi Ipekçi Spor Salonu.

Com principal favoritismo para as sérvias, dado a sua maior experiência e traquejo competitivo, espera-se por uma réplica das campeãs africanas, que certamente tentarão complicar ao máximo a sua adversária, para condignamente representarem o país e o continente na alta-roda da modalidade.

Sexta-feira, depois do treino de reconhecimento e adaptação ao piso do recinto de jogo, foi opinião do treinador Aníbal Moreira, e demais jogadoras, que tudo farão para lutar por um resultado que demonstre a evolução do basquetebol angolano e africano, justificando a presença no evento mundial, junto das potências da modalidade.

O conjunto angolano é composto pelas jogadoras Nacissela Maurício, Nadir Manuel, Fineza Eusébio, Rosa Gala, Ngendula Filipe, Luísa Tomás, Ana Gonçalves, Artémis Afonso, Sónia Guadalupe, Angelina Golome, Elsa Eduardo e Helena Viegas.

Além de Angola e Sérvia, na série D estão ainda a China e EUA, sendo esta última a detentora do título mundial. Moçambique, na qualidade de vice-campeã africana, disputa a serie B, com o Canadá, França e anfitriã Turquia, na cidade de Ankara.

O Brasil, República Checa Japão e Espanha estão no grupo A, e a Austrália, Bielorrússia, Cuba e Coreia estão inseridas no grupo C.

Partilhe este Artigo