O almirante Augusto da Silva Cunha, comandante da Marinha de Guerra de Angola (MGA), esteve esta segunda-feira de visita ao Estádio da Luz, tendo também oportunidade de conhecer o Caixa Futebol Campus, no Seixal.

“O Benfica é um dos melhores do Mundo. Tenho passado por Portugal em serviço e em férias, e nunca tive oportunidade de visitar este maravilhoso Clube. Então, fiz questão de inserir no meu programa esta visita”, explicou o Almirante Augusto da Silva Cunha.

“Gostei de tudo. Fundamentalmente do Centro de Estágio. É uma grande iniciativa que visa melhorar e apostar nas camadas jovens, com um sentido estratégico muito profundo. Também fiquei impressionado com a História do Clube”, acrescentou o almirante em declarações à BTV.

Sendo um Clube do Mundo, o SL Benfica é referência em Angola, onde “existem muitos adeptos. Ficam emocionados quando o Benfica perde um jogo, especialmente em casa. O meu irmão por exemplo, quando o Benfica perde, desliga logo a televisão”, confessou Augusto da Silva Cunha.

Fazendo um balanço desta visita, o Almirante não escondeu a satisfação e já se olha para o futuro: “A visita correspondeu às espectativas. Em conversa com o vice-presidente, Rui Gomes da Silva, falámos sobre um possível vínculo com o 1º de Agosto. É um dos maiores de Angola e tem como cor base o vermelho. Seria bastante interessante”, explicou antes de finalizar realçando a presença de Pedro Mantorras: “O Pedro é uma figura do Futebol Angolano, como também uma figura do Benfica. Quando estivemos no Museu percebemos o histórico do Mantorras, foi um grande futebolista”, concluiu.

Partilhe este Artigo