Cerca de 60 empresários franceses iniciam na terça-feira, em Luanda, uma visita que visa reforçar as relações de cooperação com Angola e identificar novas áreas de investimento, informou hoje fonte oficial angolana.

Segundo informação do Ministério das Relações Exteriores (MIREX) de Angola, a visita terá a duração de três dias e envolve o Movimento de Empresas Francesas (MEDEF).

O programa destes empresários franceses prevê um encontro, na terça-feira, com o chefe da diplomacia angolana, Georges Chikoti.

Segundo o embaixador da França em Angola, Jean-Claude Moyret, as relações entre os dois países são boas, mas no campo económico necessitam de maior diversificação.

O diplomata francês disse que o sector petrolífero lidera a relação económica entre os dois países, havendo interesse francês de investimento em outras áreas.

“Um terço dos contentores que vêm para Angola são trazidos por empresas francesas, então diria que são os principais sectores”, apontou Jean-Claude Moyret, citado pela rádio pública angolana.

Recorde-se que, no mesmo sentido, o Presidente José Eduardo dos Santos realizou em Maio último uma visita a França, para o reforço da cooperação entre os dois países.

Na ocasião, o chefe de Estado reuniu-se com empresários franceses, a quem fez o convite para investirem em Angola, apontando vantagens mútuas.

Partilhe este Artigo