O avançado do Sport Lisboa e Benfica B, Dolly Menga, contratado esta época pelo clube da Luz, foi convocado pelo seleccionador angolano, Romeu Filemon, para a próxima jornada dupla de apuramento para a Taça das Nações Africanas (CAN) de 2015.

Além de Dolly Menga, de 21 anos, o seleccionador angolano voltou, esta quinta-feira, a repetir a convocatória de Freddy, do Belenenses, num grupo de 25 jogadores, em que apenas 13 actuam no Girabola, segundo informação enviada pela Federação Angolana de Futebol (FAF).

O líder do Girabola, o Recreativo do Libolo – com Landu, Gomito e Carlitos -, e o Petro de Luanda – com Chara, Gilberto e Job -, lideram a lista dos clubes que mais jogadores fornecem à convocatória, que conta ainda com Manucho Gonçalves, do Rayo Vallecano (Espanha) e Buatu Jonathan, do Fulham (Inglaterra).

Com duas partidas realizadas e outras tantas derrotas – fora com o Gabão e em casa com o Burkina Faso -, os “Palancas Negras” vêem as contas do apuramento para a competição continental africana, a disputar em Marrocos, complicadas.

Nas terceira e quarta jornadas, Angola defronta o Lesoto, a 10 (fora) e 15 de Outubro (Luanda), sendo este o adversário considerado mais acessível do grupo C de apuramento para o CAN2015.

Segundo a FAF, a selecção angolana concentra-se no próximo domingo à noite, após a 26ª jornada do Girabola, partindo no dia seguinte para a África do Sul, onde inicia um mini-estágio de preparação para os dois jogos decisivos com o Lesoto.

Angola tenta carimbar, pela oitava vez, a presença numa fase final deste torneio continental africano.

Para esta 30ª edição do CAN qualificam-se directamente os dois primeiros classificados dos sete grupos, além da equipa anfitriã, a selecção de Marrocos. O terceiro melhor classificado dos grupos de apuramento tem acesso à 16ª vaga da competição.

Partilhe este Artigo