Workshops sobre “Cultura e Direitos de Autor em Angola” realizam-se de 1 a 9 de Outubro deste ano nas províncias de Luanda, Cabinda, Benguela e Huambo, numa promoção da União Nacional dos Artistas e Compositores(UNAC).

Uma nota de imprensa da UNAC indica que os worshops visam esclarecer os artistas e demais intervenientes na actividade cultural sobre os seus direitos no país.

Os participantes aos worshops vão assim reflectir sobre aspectos como “A criação e o desenvolvimento de uma entidade de gestão colectiva de direitos autores e conexos”, “O funcionamento de uma entidade de gestão colectiva” e  “ A importância das políticas públicas para o desenvolvimento da cultura”.

“O papel de uma entidade de gestão colectiva na defesa dos autores” e “ As técnicas sobre os primeiros passos de uma sociedade de gestão colectiva”, serão igualmente abordadas nas três províncias referenciadas.

Além dos artistas, participam nos eventos, produtores/editores de fonogramas ou audiovisuais, hoteleiros, Jornalistas culturais e económicos, professores, estudantes Universitários, dirigentes do Ministério da Cultura, do Interior e Turismo, bem como deputados e população em geral.

A UNAC é uma associação sócio-cultural e profissional, proclamada há 29 anos, que congrega compositores, músicos, teatristas, coreógrafos e bailarinos.

A organização com mais de seis mil membros tem por finalidade  a dinamização da dança, teatro e música, assim como a luta pela inserção profissional e consequentemente a afirmação social dos seus associados.

A UNAC está representada nas províncias de Cabinda, Zaire, Malanje, Lunda Norte, Lunda Sul, Moxico, Cuanza Sul, Benguela, Huambo, Huila e Cunene.

Partilhe este Artigo