O Presidente da República desde 1979 (nunca nominalmente eleito), José Eduardo dos Santos, e a Primeira-Dama, Ana Paula dos Santos, festejaram no Palácio da Cidade Alta o Natal com centenas de potenciais militantes do MPLA, ou seja, crianças oriundas de todas as províncias.

Por Orlando Castro

A Segundo o Boletim Oficial, Ana Paula dos Santos falou e disse que, após 12 anos de paz, a situação da criança angolana é melhor e bem diferente do passado, fruto de acções desenvolvidas pelo Governo e organizações da sociedade civil.

Deverá ser por isso que Angola continua a liderar o ranking mundial da mortalidade infantil. Deve ser por isso que as nossas crianças continuam a ser geradas com forme, a nascer com forme e a morrer pouco depois com fome.

Ana Paula dos Santos disse também, a fazer fé no Boletim Oficial, que apesar de ainda ser longo o caminho a percorrer, é visível uma maior consciência da sociedade em relação aos direitos das crianças.

Sobre a festa natalícia, que juntou mais de 500 crianças nos Jardins do Palácio Presidencial da Cidade Alta, Ana Paula dos Santos realçou que uma vez mais, foi atingido o objectivo de proporcionar um dia especial ao maior número possível de crianças especiais, numa época igualmente especial e de exaltação aos valores da família, de respeito e de amor ao próximo.

Exaltação de quê? “Valores da família, de respeito e de amor ao próximo”? Onde?

Revela o sempre bem informado Boletim Oficial do regime que Ana Paula dos Santos estava feliz, posou para a fotografia e brincou com as crianças. É obra. Até brincou com as crianças!

“Estou feliz por proporcionamos às nossas crianças um dia de alegria. Fazemos isso porque queremos que elas tenham um dia especial, um Natal diferente, que elas possam recordar para sempre”, disse Ana Paula dos Santos, acrescentando: “Desejo a todas as crianças muitas felicidades, tudo de bom e que Deus lhes dê tudo que elas merecem”.

Todas as crianças angolanas esperam que Deus lhes dê o que merecem, ou seja, serem tratadas como seres humanos iguais às crianças filhas de generais e de outros que tais que pululam junto da gamela do poder monárquico da família dos Santos.

As crianças, relata o Boletim Oficial, tiveram ainda outro momento igualmente marcante, que foi a visita guiada ao Palácio Presidencial. E que tal o casal real fazer uma visita guiada ao país real?

Partilhe este Artigo