A Coreia do Norte está a desenvolver novos mísseis capazes de acoplar ogivas nucleares, afirmaram  fontes dos serviços secretos da vizinha Coreia do Sul.

“Chegámos à conclusão de que se destinam a transportar armas nucleares tácticas”, informou um funcionário dos serviços secretos de Seul ao diário local Joongang, em referência aos novos mísseis K-10 que o regime norte-coreano tem vindo a testar desde meados de agosto.

Esta é a primeira vez que o governo da Coreia do Sul assegura ter detectado um míssil táctico de Pyongyang.

A fonte indicou que os K-10 têm um alcance de cerca de 200 quilómetros e são capazes de causar elevados danos, apesar de a possível destruição causada não ser comparável à da detonação de uma bomba atómica.

A Coreia do Norte e a Coreia do Sul permanecem tecnicamente em guerra desde a Guerra da Coreia (1950-53), que terminou com um armistício até à data nunca substituído por um tratado de paz definitivo.

Partilhe este Artigo