O primeiro carro de cinema móvel, que tem como finalidade levar às comunidades e à população em geral informações importantes sobre diversos assuntos da vida do país, por intermédio dos sistemas audiovisuais, foi lançado hoje, quinta-feira, em Luanda.

Em declarações à imprensa, o director-geral do Instituto Angolano de Cinema Audiovisual e Multimédia (IACAM), Pedro Ramalhoso (foto), disse que a inauguração do projecto de cinema móvel contribuirá para o reforço da divulgação e promoção do cinema nacional e, como consequência, da cultura.

Pedro Ramalhoso ressaltou que a informação levada a essas comunidades terá como fundamento a reeducação das populações em áreas como saúde, transporte, ambiente e cultura para a preservação e resgate dos valores morais e cívicos.

“Pretendemos atingir a cifra de mais de 60 carros (cada um deles com 50 lugares), para todo o país, com o fim de garantir uma proporção de três unidades por província, de modo a responder as necessidades das comunidades mais distantes do país”, asseverou.

Pedro Ramalhoso fez saber que com esta primeira unidade será estabelecido um calendário de programação regular para exibição de filmes, em diversas províncias do país.

O dirigente exortou aos futuros utentes dos cinemas móveis a conservarem e preservarem os equipamentos de modo a servir as gerações vindouras.

O acto, aberto pela ministra da Cultura, contou com a presença do ministro da Educação, Pinda Simão, administradoras distritais, individualidades do Ministério do Interior e público em geral

Partilhe este Artigo