O Governo angolano vai realizar entre os próximos dias 21 e 23 uma campanha nacional de vacinação contra a poliomielite, doença que há três anos não é notificada no país.

Segundo a directora provincial de Saúde de Luanda, Rosa Bessa, trata-se da segunda fase da campanha de vacinação contra a poliomielite, que abrange crianças menores de cinco anos.

Na capital do país, desde 2010 sem o registo de casos, está prevista a imunização de 1,7 milhões de crianças.

Rosa Bessa apelou à participação de todos administradores, chefes de repartições, estudantes de medicina e profissionais de saúde para o êxito da campanha.

Angola tem registado progressos na luta para a erradicação da poliomielite, promovendo campanhas bianuais de vacinação nas 18 províncias.

Uma das estratégias para atingir todas as áreas do país é a criação de postos avançados e móveis no terreno, sendo os próprios técnicos a deslocarem-se a todo o território, de forma a abranger todas as crianças.
Angola foi atingida em 1999 por um dos maiores surtos epidémicos de poliomielite registados em África, que provocou 113 mortos, num total de 1.117 casos.

Partilhe este Artigo