O general que lidera o Comando dos Estados Unidos para África (AFRICOM), David Rodriguez, está em Angola para uma visita de dois dias que visa o “reforço da cooperação” em matéria de segurança regional e marítima.

De acordo com informação enviada pela embaixada norte-americana em Luanda, a visita do comandante do AFRICOM prevê a realização de “encontros de alto nível” com líderes governamentais e militares de Angola.

Até quinta-feira estão ainda agendadas reuniões com executivos de companhias que operam em Angola, para “abordar o reforço da cooperação em termos da segurança regional e marítima entre os dois países”.

Baseado em Estugarda, Alemanha, o AFRICOM é um dos seis comandos geográficos de combate da estrutura do Comando Unificado do Departamento de Defesa dos Estados Unidos.

Ainda segunda a mesma informação, durante a sua visita, o general David Rodriguez, que lidera aquele comando desde 2013, vai “enfatizar a importância da construção de parcerias duradouras para ajudar a fortalecer a segurança e a estabilidade na região”.

“O AFRICOM trabalha para dar contribuições positivas que visam promover a paz e a segurança no continente africano”, sublinha a diplomacia norte-americana, a propósito desta visita.

Angola tem vindo a assumir um papel de liderança na mediação de alguns conflitos na zona central do continente africano, sobretudo desde que assumiu, em Janeiro, a presidência da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos.

Partilhe este Artigo