A Acção Democrática Independente (ADI), principal partido da oposição em São Tomé e Príncipe, anunciou num comício eleitoral que o seu líder e ex-primeiro-ministro Patrice Trovoada regressa ao país dia 03 de Outubro.

No primeiro dia de campanha eleitoral para as eleições legislativas, autárquicas e regionais de 12 de Outubro, apenas três partidos realizaram comícios – Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe — Partido Social Democrata (MLSTP-PSD), ADI e Movimento Democrático das Forças da Mudança-Partido Liberal (MDFM-PL) -, sem qualquer incidente, apesar da tensão entre as direcções partidárias.

A ADI ganhou as últimas eleições mas foi derrubada através de uma moção de censura, aprovada por todos os deputados dos restantes partidos, que viabilizaram um novo governo, liderado por Gabriel Costa, que é cabeça-de-lista da União para a Democracia e Desenvolvimento.

Partilhe este Artigo