Cerca de 98% das crianças cabo-verdianas até aos cinco anos foram vacinadas contra a poliomielite durante uma campanha que decorreu entre 31 de Outubro e 3 de Novembro, revelam dados provisórios divulgados hoje.

Adirectora do Programa Nacional da Saúde Reprodutiva (PNSR), Yorleids Rosabal, citada pela agência Inforpress, referiu que os dados indicam que Cabo Verde conseguiu atingir os seus objectivos no que respeita à vacinação da população-alvo, já que pretendia vacinar mais de 95% das cerca de 52 mil crianças até aos cinco anos.

“O que mais queremos é reforçar essa imunidade em prol do nosso objectivo que é global e que visa erradicar a poliomielite até 2018”, adiantou.

A acção faz parte do Programa Alargado de Vacinação (PAV) e integra-se num calendário estabelecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) para a vacinação contra a poliomielite, que decorreu simultaneamente em 15 países da África Ocidental.

A última campanha de vacinação contra a pólio em Cabo Verde aconteceu em 2010, tendo sido vacinadas cerca de 51 mil crianças com idade até aos cinco anos.

A última epidemia no país aconteceu em 2000 e desde então as autoridades sanitárias têm cumprido com o calendário das vacinas, não havendo notificação de qualquer caso desde então.

A poliomielite é uma doença infecciosa viral aguda, transmitida de pessoa para pessoa, que causa paralisia nos membros inferiores, e que pode causar a morte.

Partilhe este Artigo