A Sociedade Nacional de Combustíveis de Angola (SONANGOL) assinou hoje, em Seul, Coreia do Sul, um acordo para a construção de dois navios petroleiros, orçados em 140 milhões de dólares, que deverão ser entregues em 2017.

O acordo foi rubricado pelo Presidente do Conselho da Administração da SONANGOL, Francisco de Lemos José Maria e o seu homólogo sul-coreano, da DSME, Ko Jae-Ho.

Uma nota de imprensa da concessionária angolana refere que os navios designados Suezmax, terão 156.290 toneladas métricas cada um, 274 metros de cumprimento, 48 metros de largura e uma altura de 23,7 metros.

O documento salienta que a empresa norueguesa DNV-GL está encarregue de acompanhar e classificar o processo de fabrico das referidas embarcações, garantindo que são respeitados os parâmetros convencionais.

A SONANGOL possui presentemente em construção nos mesmos estaleiros dois navios sonda de perfuração, que deverão ser entregues, respectivamente, no quarto trimestre de 2015 e no segundo trimestre de 2016.

O investimento, segundo a concessionária angolana, visa reforçar a exploração petrolífera em águas profundas, ultra-profundas e no pré-sal é o objectivo da construção desses dois navios, adianta a nota, sublinhando que o recurso à Coreia do Sul foi feito por se tratar de um país líder mundial na engenharia de construção naval.

Angola é o segundo maior produtor de petróleo da África subsaariana.

Partilhe este Artigo